AVISO

Meus caros Leitores,

Devido ao meu Blog ter atingido a capacidade máxima de imagens, fui obrigado a criar um novo Blog.

A partir de agora poderão encontrar-me em:

http://www.arocoutinhoviana.blogspot.com

Obrigado

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

A Conversão doMundoi a Deus

 A Conversão do Mundo a Deus

Os Caminhos para a cura e para a conversão:
O Papa Francisco, na capela da Casa de Santa Marta, afirmou que a humildade e mansidão são necessárias para curar e converter.
Isto fez-me pensar no que escrevi há dias sobre “a humildade com remédio para o mundo”
Ser manso, é agir com sabedoria em todas as coisas. O homem manso, é obediente a Deus, sabe controlar-se diante de qualquer situação difícil, não se deixa vencer pela arrogância, o ódio ou até mesmo pela raiva.
Logo me lembrei “de que serão felizes os humildes e os mansos de coração porque verão a Deus”, assim aprendi na catequese, conforme o sermão da Montanha. Juntar a mansidão à humildade ajuda mais rápido a descobrir o mistério de Deus, aproximar-se de Deus e a ser feliz porque se encontra mais perto da conversão, da cura que cada vez é mais necessária a cada um e ao mundo. É que humildade acompanhada com brandura, calma, serenidade, paciência, quietação, ou “lentidão activa”, sentimento de paz ajuda, interpela e é capaz de de curar os seus males e converter-se. É capaz de aproximar, pois os outros lêem nos nossos olhos que, em nós, há um coração de amor e não um coração de pedras para atirar ao outro. O homem irado provoca brigas, e o de génio violento comete ou recria outros e muitos males, (Prov. 29,22). Se quisermos curar, ou recriar como “Jesus nos recriou a partir da raiz” e nos deu orientações que curam de verdade, se tivermos, parte a parte, os corações abertos ao Todo Poderoso.
Com prepotência afastamos e criamos nas outras pessoas atitudes piores.
“Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, pois sou manso e humilde de coração, e assim encontrareis descanso para as vossas almas”( Mat.11,29 ). O Papa referiu que, para além da humildade e mansuetude, é preciso criar ou seguir o caminho da pobreza para ter autoridade no que diz e no que faz. Diz o Papa Francisco: a pobreza é inaceitável e não ajuda a construir um mundo mais justo e fraterno. Aliás não será a pobreza normalmente fruto das injustiças dos homens?
” Convém amar os pobres com um afecto especial, vendo neles a pessoa do próprio Cristo, e dando-lhes a importância que ele mesmo dava”, da espiritualidade de S. Vicente de Paulo. O Papa disse também que com a pobreza é inaceitável, e não é possível construir um mundo mais justo e fraterno.
Ser manso, é agir com sabedoria em todas as coisas. O homem manso, é obediente a Deus, sabe controlar-se diante de qualquer situação difícil, não se deixando vencer pela arrogância, o ódio ou até mesmo pela raiva.
Viver com Jesus é como uma árvore que cresce, amadurece e acaba por dar fruto. Mas o fruto do Espírito é o Amor que nos dá paz, alegria e tranquilidade. Manifestar-se-á na nossa vida de cada dia, por isso, tudo o que contrariar este fruto do Amor não pode ser religião porque não podemos ser religiosos sem Amor, por isso, contra o Amor não pode haver lei.
O primeiro Papa, S. Pedro, nos diz na primeira carta no capítulo 3: Antes, há que santificar Cristo como Senhor no seu coração. Estai sempre preparados para responder a qualquer pessoa que pedir a razão da esperança que existe no vosso coração. Contudo, fazei isso com mansidão e respeito, conservando a boa consciência, de forma que os que falam maldosamente contra o vosso bom procedimento, porque em Cristo estão, se sintam envergonhados de suas calúnias.
Amai a Deus e amai-vos uns aos outros, como eu vos amei. Fazei o bem aos que vos odeiam, abençoai os que vos amaldiçoam, orai por aqueles que vos maltratam. Se alguém vos bater numa face, oferecei-lhe também a outra. Se alguém tirar de vos tirar a capa, não o impeçais de tirar a túnica, dizia Jesus, segundo S. Lucas.
É difícil de entender para quem não se envolver no Espírito que animava toda a mensagem de Jesus.
Padre Coutinho
Pode ser uma imagem de cavalo

Sem comentários: