AVISO

Meus caros Leitores,

Devido ao meu Blog ter atingido a capacidade máxima de imagens, fui obrigado a criar um novo Blog.

A partir de agora poderão encontrar-me em:

http://www.arocoutinhoviana.blogspot.com

Obrigado

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Padre Manuel Dantas de Brito


No Hospital de Viana do Castelo faleceu o Pe. Dr. Manuel Gonçalves Dantas de Brito, com 76 anos de idade, filho de António Martins Dantas de Brito e de Maria do Nascimento Gonçalves Afonso Lima, nascido em Vila Mou, de onde foi para o Seminário e se ordenou sacerdote em 15 de Agosto de 1956.
Foi no ano passado que celebrou as Bodas de Ouro Sacerdotais.
O Pe. Brito, assim conhecido, foi pároco em Britelo, Arcos, durante dois anos, depois veio para capelão da Santa Casa da Misericórdia onde esteve até 1987.
Licenciado em línguas foi um bom professor de Português na Escola Comercial de Viana de onde se reformou, presidente da Direcção do Lar de Sta Teresa e ainda membro dos órgãos sociais deste Lar. Foi juiz muitos anos no Tribunal Eclesiástico e depois Defensor do Vínculo, à altura da sua morte.
Chegou a viver na Residência Paroquial de N.ª Sra. de Fátima fazendo grupo com o Pe. Coutinho e o Pe. Sequeiros, onde realizaram uma experiência interessante de comunidade. Ficaram sempre com saudades e muito amigos.
Como o Pe Brito era muito brincalhão e sempre de bom humor não levei muito a sério as últimas palavras que me disse:”Olha que não tens Pe. Brito para muito tempo”, embora ficasse pensativo e só soube que estava no Hospital já pouco antes de falecer.
Colaborou com a Ordem Terceira de S. Francisco.
Daí passou a viver na Meadela, mas depois de ter sido operado ao coração, foi viver com a única irmã que tinha, casada, em Vila Mou, e mãe de sete filhos, um deles já falecido, todos casados à excepção de dois. Lá sentia-se muito bem. Ajudava os colegas e todos os Domingos vinha à Paróquia de N.ª Sra de Fátima celebrar a Eucaristia das 9.30h
Era uma pessoa de trato nobre, fino, educado, falava com toda a gente, desde as crianças aos mais velhos, de fácil relação social, alegre, corajoso, trabalhou até ao fim, sempre atento às dificuldades e muito generoso, um aspecto social que nunca lhe faltou.
A Paróquia de Nossa Senhora de Fátima convida a todos os amigos para uma missa de 30º dia a celebrar às 12 horas do dia 1 de Julho, na igreja paroquial.
P.C.

Sem comentários: